Para manter o corpo em equilíbrio e a saúde em dia é fundamental uma alimentação saudável. Por isso, você precisa conhecer melhor os alimentos orgânicos. São frutas, hortaliças, grãos, laticínios e carnes produzidos com respeito ao meio ambiente e sem utilizar substâncias que possam colocar em risco a saúde dos produtores e consumidores. O resultado são produtos de melhor qualidade, mais nutritivos, que certamente trarão mais saúde para a sua família e para todo o planeta.

Ao consumir orgânicos, a saúde do homem e da natureza é preservada.

O que são orgânicos?

Orgânicos são muito mais do que produtos naturais sem agrotóxicos, transgênicos e fertilizantes sintéticos. São resultantes de uma agricultura baseada em práticas sustentáveis, buscando equilíbrio ecológico e respeito ao homem.

Como são produzidos os produtos orgânicos?

A produção de orgânicos busca a preservação e o uso do solo, da água e do ar de forma racional, de modo a reduzir as formas de contaminação e desperdício de recursos naturais, e manter a biodiversidade com a integração da produção de espécies animais e vegetais.

São adotadas práticas que preservam a saúde do homem, do meio ambiente, a biodiversidade e tornam a agricultura mais sustentável:

  • solo enriquecido naturalmente, sem receber agrotóxicos, pesticidas, adubos químicos;
  • sementes transgênicas não são usadas;
  • animais são criados livres, não tomam hormônios de crescimento, anabolizantes ou outras drogas e têm o seu bem estar assegurado;
  • trabalhadores têm seus direitos e de sua família preservados;
  • a legislação sanitária deve ser atendida e deve-se fazer a correta disposição do lixo.

Como saber se um produto é orgânico?

Os orgânicos abrangem a produção agropecuária e industrial dos produtos obtidos a partir dos processos ecológicos, biodinâmico, natural, regenerativo, agroecológico e permacultura. Para que um produto seja considerado orgânico, ele deve atender aos princípios estabelecidos na Lei Federal 10.831 de 23 de dezembro de 2003. A identificação do produto orgânico é feito por meio de um selo do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SisOrg) do Ministério da Agricultura.

E quem garante tudo isso?

As entidades certificadoras, os sistemas participativos de garantia e o controle social na venda direta atestam todos os padrões de legislação orgânica foram seguidos. A certificação se concretiza por meio de um selo no rótulo ou na embalagem do produto e, no caso de agricultores familiares, que oferecem seus produtos para venda direta ao consumidor, no Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos do Ministério da Agricultura (Mapa). O desenvolvimento do mercado orgânico depende da confiança dos consumidores na autenticidade da certificação.

A Bellamesa, uma empresa de origem e tradição familiar, é a nossa fornecedora de alimentos orgânicos. A empresa possui áreas de plantio e produção na cidade de Morungaba, que totalizam 15 hectares de hortaliças, distribuídas em 50 variedades e conta com mais de 25 anos de expertise em produção e comercialização de produtos orgânicos, devidamente certificados.